Falta de combustível faz Chã Grande suspender aulas da Rede Municipal

817

A Secretaria Municipal de Educação divulgou na tarde desta quarta-feira (23), a suspensão das aulas da Rede Municipal de Ensino. A decisão é por tempo indeterminado e se baseia na falta de combustíveis para abastecimento da frota municipal.

Desde a última segunda-feira (21), todo o país vem enfrentando problemas de abastecimento nos postos de combustíveis. O motivo é a paralisação de caminhoneiros, que em Pernambuco, por exemplo, fecham o acesso ao porto de Suape. A mobilização se faz em virtude dos constantes aumentos nos valores dos combustíveis, por parte da Petrobras, segundo a categoria.

Em Chã Grande, a ausência de combustível começou a ser sentida ainda na segunda. Já na terça-feira (22), postos da cidade anunciaram que os estoques de combustível tinham acabado. Desde então, a Prefeitura de Chã Grande buscou alternativas para manter o funcionamento da frota, mas com o esgotamento de estoques em outras cidades, o esforço passou a ser focado nos serviços essenciais, como a saúde. Mesmo com a crise de combustível, o município manterá o funcionamento normal de ambulâncias do Hospital Geral Alfredo Alves de Lima, bem como a unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Segundo a Secretaria de Educação, os ônibus escolares encontram-se sem combustível, o que acarretaria em dificuldades para alunos da zona rural terem acesso às escolas. Em virtude disso, optou-se pela suspensão das aulas, até que a situação possa ser normalizada. Ainda, segundo a secretaria, a decisão não deve prejudicar o ano letivo.

Transporte universitário – O transporte de estudantes universitários para faculdades e universidades em Vitória de Santo Antão, na zona da mata, e Caruaru, no agreste, também será suspenso a partir desta quinta, até que a situação possa ser normalizada.

Deixe Seu Comentário