A Câmara Municipal de Chã Grande aprovou nesta quarta-feira (15), em segunda votação, o Projeto de Lei de número 014/2018, de autoria do poder executivo municipal. O texto trata da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício 2019. Agora, o projeto seguirá para a sanção do prefeito Diogo Alexandre (PR).

O projeto foi aprovado por unanimidade nesta quarta, em reunião que contou com a participação dos vereadores Jorge Luís (PR), Inaldo do Raio-X (Avante), Ninho Moto Táxi (PR), Demir do Conselho (PSL), Célia de Jaci (Rede), Irmão Zaninho (PR), e Beto Karias (PR). Foram registradas as ausências dos vereadores Rodrigo da Malhadinha (PSD), Dandão (PSD), Sérgio do Sindicato (SD) e Danielle Alves (PDT).

Na primeira votação, realizada na última quarta-feira (8), o texto foi aprovado também por unanimidade, desta vez com participação das bancadas de situação e oposição. Segundo a legislação, a Câmara tinha até o dia 31 deste mês para encaminhar o projeto de volta ao executivo.

Esta Casa analisou e entendeu que a Lei de Diretrizes Orçamentárias tinha vindo da melhor forma possível, por parte do poder executivo, tendo em vista a melhoria de toda a sociedade chãgrandense, fazendo com que os recursos fossem garantidos de forma homogênea, com melhor distribuição para todos os setores da administração municipal“, avaliou o presidente Jorge Luís.

A LDO determina quanto o município poderá utilizar de recursos em cada uma das esferas da administração municipal, seja em saúde, educação ou assistência social, por exemplo.

Deixe seu comentário