Missa dos Sanfoneiros é celebrada Pela primeira Vez na Cidade de Chã Grande

5812

A Igreja Matriz de São José, em Chã Grande, recebeu nesta sexta-feira (2), a primeira edição da Missa dos Sanfoneiros. Músicos de toda a região prestigiaram o evento, que buscou homenagear Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, pelos 30 anos de seu falecimento. Centenas de pessoas acompanharam a celebração no templo.

A abertura da missa foi especial, ao som de “Asa Branca“, composição eternizada na voz de Luiz Gonzaga, que retrata o sofrimento do homem sertanejo com o período de seca da região. Dezenas de sanfoneiros e a banda de pífanos da cidade de Gravatá acompanharam o cortejo de entrada. Em seguida, os instrumentos foram depositados no altar.

O Padre Diozene Francisco, pároco de Chã Grande, celebrou a missa, que foi acompanhada por momentos musicais, com a participação dos sanfoneiros. Músicas como “Ave Maria” e Súplica Cearense” fizeram parte do repertório.

Realizada anualmente em Gravatá, esta é a primeira vez que a Missa dos Sanfoneiros é celebrada em Chã Grande. A proposta do grupo, que contou com o apoio do Centro Cultural Maria Madalena Gomes de Vasconcelos, é de levar a tradição para outras cidades da região, numa forma de manter preservada as homenagens a Luiz Gonzaga.

Deixe seu Comentário